Ungido para reinar

derramar-de-oleoE, saindo Jeú aos servos de seu SENHOR, disseram-lhe: Vai tudo bem? Por que veio a ti este louco? E ele lhes disse: Bem conheceis o homem e o seu falar. Mas eles disseram: É mentira; agora faze-nos saber. E disse: Assim e assim me falou, a saber: Assim diz o SENHOR: Ungi-te rei sobre Israel. Então se apressaram, tomando cada um a sua roupa puseram debaixo dele, no mais alto degrau; e tocaram a buzina e disseram: Jeú reina! 2 Rs 9:11-13

Jesus sabia dar valor a cada alma. Poderia ser uma multidão ou apenas uma alma, Jesus sempre dava valor a cada uma. Certa vez Jesus evangelizando uma mulher samaritana, começa a falar coisas particulares da vida dela. Até que ela envolvida na conversa muda a direção do assunto e pergunta a respeito da adoração a Deus. Por que até então os samaritanos adoravam a Deus, mas também serviam aos seus deuses. Jesus sabendo disso diz que o que realmente importa não é se adoram no templo de jerusalém ou em um monte em samaria, o importante é que se adore a Deus em Espírito e em Verdade.

Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.
24 Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade. Jo 4:23-24

Realmente a adoração ali naquele lugar era um tanto quanto confusa, porque adoravam a vários deuses.

Assim estas nações temiam ao SENHOR e serviam as suas imagens de escultura; também seus filhos, e os filhos de seus filhos, como fizeram seus pais, assim fazem eles até ao dia de hoje. 2Rs 17:41

Deus havia feito uma aliança com o povo dEle, que dizia que, só se podia adorar ao Senhor, (Ex 20), essa aliança foi quebrada pelos falsos profetas de Baal e os reis ímpios que haviam sido levantados. Podemos destacar o Acabe e sua mulher Jezabel, que instituíram a adoração a um falso deus chamado Baal.

Segundo as lendas, Baal era o deus das tempestades e era “em tese” o maior dos deuses. Acreditava-se que Baal tinha ciclos de vida e morte, ou seja, ele morria e revivia de tempos em tempos, e se sabia que ele estava “morto” quando não vinha as chuvas do céu, então se fazia sacrifícios de crianças, e também se derramava sangue dos sacerdotes para que Baal pudesse reviver, e então quando a chuva chegava eles diziam que Baal havia renascido.

Deus vai usar Elias para envergonhar os profetas de Baal, e por causa disso Jezabel vai ameaça-lo de morte. Mas antes ainda de Elias arrebatado aos céus, Deus vai dar uma ordem a ele.

E o SENHOR lhe disse: Vai, volta pelo teu caminho para o deserto de Damasco; e, chegando lá, unge a Hazael rei sobre a Síria. Também a Jeú, filho de Ninsi, ungirás rei de Israel; e também a Eliseu, filho de Safate de Abel-Meolá, ungirás profeta em teu lugar. 1 Rs 19:15-16

Elias ungiu Hazael, e ungiu Eliseu como profeta em seu lugar, mas o Jeú não o ungiu. Jeú sabia que seria ungido rei de Israel, mas quando ele sabe que Elias foi arrebatado aos céus ele perde totalmente a esperança de ser rei. Mas Deus não se esquece de suas promessas, nem das suas palavras. Muitos anos depois Eliseu vai dar a um jovem profeta a missão de ungir a Jeú.

Foi, pois, o moço, o jovem profeta, a Ramote de Gileade. E, entrando ele, eis que os capitães do exército estavam assentados ali; e disse: Capitão, tenho uma palavra que te dizer. E disse Jeú: A qual de todos nós? E disse: A ti, capitão! Então se levantou, entrou na casa, e derramou o azeite sobre a sua cabeça, e disse: Assim diz o SENHOR Deus de Israel: Ungi-te rei sobre o povo do SENHOR, sobre Israel. 2 Rs 9:4-6

Os homens que estão com Jeú chamam esse jovem profeta de louco. Por que? porque Elias profetizou e não se cumpriu essa unção. Por que motivo agora se cumpriria?

Mas o caso é que Jeú foi levantado, foi ungido e com um propósito. O propósito era acabar com a adoração a Baal, para que as pessoas pudessem adorar o Senhor em Espírito e em Verdade.

Também quebraram a estátua de Baal; e derrubaram a casa de Baal, e fizeram dela latrinas, até ao dia de hoje. E assim Jeú destruiu a Baal de Israel. 2 Rs 10:27-28

Pode-se levantar muitos profetas mas Deus não se esquece do que disse.

Deus unge na hora certa.

Deus só unge quem tem propósito.

O seu propósito é acabar com a falsa adoração e ser fiel a Deus.

Deus vai te ungir pra fazer alguma coisa, o que você vai fazer com a unção que Deus te deu?

Pr. Bruno Domingues

Bruno Domingues

Sobre Bruno Domingues

Casado com a Juliana, Pastor e Servo de Deus.
Esta entrada foi publicada em Estudos, Mensagens e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Ungido para reinar

  1. Danilo disse:

    Olá pastor!
    Quero dizer que tenho sido muito edificado com os estudos e as mensagens. Quero testemunhar as muitas bençãos que eu tenho recebido através do blog.
    Muito obrigado meu amado pastor.
    Danilo Lima / Rio grande do sul

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>